Perfect Lyss Turmalina 3D Apresenta: Em uma sociedade preconceituosa, decadente e hipócrita propicia com que sejamos os campeões em DST’S no brasil, índices cada vez maiores de mulheres insatisfeitas sexualmente, enfim, uma sociedade imatura que vende uma imagem, mas que no fundo é a mais atrasada de todas. Apoio Perfect Lyss com turmalina 3D- Liso é Isso Aí!


 

imagens eróticas sexotone5Principais dúvidas Sobre Sexo Parte I.

Vamos diretamente entrar nas dúvidas mais recebidas por nossa equipe:

Sexo anal causa hemorroidas? Sexo anal engravida? Qual o risco de contrair o vírus HIV? Essas e outras questões estão entre as maiores dúvidas de quem já pratica ou pensa em praticar a relação anal. Além dessas, também entram os cuidados com a higiene, há também o risco de doenças, a maneira adequada de fazê-lo e os mitos que rondam essa prática. Pensando nisso, conversamos com especialistas e tiramos as principais dúvidas sobre o sexo anal para que possa ser praticado com saúde. Confira:

Começando a esclarecer dúvidas sobre uma das curiosidades mais crescentes da Juventude e adultos brasileiros: SEXO ANAL!

Sexo anal aumenta o risco de transmissão da Aids, por isso a importância da camisinha. O risco é aumentado por ser o ânus uma região bastante irrigada de sangue, podendo o mesmo sangrar com facilidade. A dor, no sexo anal, a rigor, não deveria. Se ocorrer dor em todas as relações, é sinal de que algo está errado. Os especialistas afirmam que tomar certos cuidados evita e previne a dor, como o uso de lubrificantes e estar com o corpo relaxado, sem tensões. “O casal deve estar em sintonia e confortável com a situação, garantindo o prazer do ato para as duas partes”, afirma a ginecologista Sueli Raposo, do Laboratório Exame, em Brasília. “No caso das mulheres, a relação anal tende a ser mais dolorosa porque a região não tem a mesma elasticidade da vagina”.

É necessário usar lubrificante?

Sim, pois a região anal não tem lubrificação própria. “O ideal é usar lubrificantes específicos para a prática, preferindo os mais neutros”, aconselha a ginecologista Sueli. “Evite uso de produtos com anestésicos que prometem tirar a dor, pois anestesiando o local o risco de traumas é maior, já que a sensação de incômodo será diminuída no momento da prática.” Os lubrificantes a base de água são os mais recomendados, pois não aumentam o risco de reações alérgicas.

É normal ocorrer sangramento durante a relação anal?

A chance de gravidez é nula no sexo anal, pois o intestino não tem nenhuma comunicação com os órgãos reprodutores femininos

“Pode ocorrer sangramento quando houver algum trauma que ocasione fissuras ou microfissuras”, afirma Sueli Raposo. Se ocorrerem sangramentos em todas as relações ou na maioria das relações, é importante procurar um especialista. Para evitar esse transtorno, é fundamental o uso de lubrificantes próprios para esse tipo de relação.

imagens eróticas sexotone2O risco de contrair o vírus HIV é maior?

Sim. O sexo anal é considerado como um dos modos mais frequentes de se contrair o vírus HIV, causador da Aids. “O líquido seminal de uma pessoa soropositivo carrega grande quantidade de carga viral (HIV), e durante o ato podem ocorrer microfissuras na região do ânus e reto, facilitando a contaminação”, diz o urologista Augusto Cunha Campos Gonçalves, diretor-presidente do Hospital Belo Horizonte. Além disso, na relação anal é possível contrair qualquer tipo de DST, como HPV, gonorreia, clamídia, herpes e hepatite C. “Por isso, mesmo na relação anal o mais importante é usar camisinha”, completa a ginecologista Sueli.

O sexo anal provoca hemorroidas?

A relação anal violenta ou sem lubrificação adequada pode causar lesões na região anorretal, mas não provoca hemorroida. “No entanto, se o sexo anal for praticado por pessoas que já tem hemorroidas, esse quadro poderá se agravar”, afirma o ginecologista José Carlos Riechelmann, presidente do Comitê Multidisciplinar de Sexualidade Humana da Associação Paulista de Medicina. Hemorroidas são veias inchadas e dolorosas na parte inferior do reto ou do ânus. Elas resultam do aumento da pressão nas veias do ânus. A pressão faz com que as veias inchem, tornando-as doloridas, especialmente quando a pessoa está sentada. Entre as principais causas de hemorroidas estão o esforço excessivo durante a evacuação, constipação, permanecer sentado por longos períodos e infecções anais.

O orgasmo com sexo anal é igual ao com sexo vaginal?

Orgasmo com sexo anal depende de fatores como lubrificação e conforto

Isso vai depender de uma série de fatores. “Em geral, a pessoa que está penetrando vai sentir mais prazer, pois o canal anal é mais estreito”, explica a ginecologista Sueli. “Mas tudo vai depender da lubrificação da região anal, das preliminares, do grau de excitação da pessoa que está sendo penetrada, da sintonia do casal para aprimorar a prática sexual, tudo isso pode fazer a mulher sentir tanto prazer quanto uma relação vaginal”.

A higiene é necessária antes e depois do sexo anal?

Sim, os cuidados com a higiene e o uso de camisinha evitam que as bactérias normais no intestino entrem em contato com a uretra, provocando infecções uretrais ou urinárias. Os riscos de uma relação sem higiene adequada envolvem desde contaminações bacterianas até a transmissão de doenças, como as hepatites A e B, já que a transmissão é facilitada por conta das microfissuras que podem ocorrer no ânus durante o ato. “É importante lembrar que nunca se deve ter uma relação anal e em seguida a vaginal, não sem antes trocar o preservativo e limpar bem a região para evitar contaminação”, alerta a ginecologista Sueli. Entre os cuidados com a higiene estão evacuar antes da relação, evitando que as fezes surjam durante a prática; higienizar bem o local com água e sabonete antes e após o sexo anal; a pessoa que penetrou deve urinar após a transa, para limpar a uretra, e lavar o pênis.

A mulher corre o risco de engravidar?

Caso haja problemas como sangramentos ou infecções, procure um médico

Não. A penetração no sexo anal vai abranger parte do canal anal e do reto (a porção final do intestino), que são duas regiões que fazem ligação com o intestino grosso (cólon) no corpo humano. No caso do sexo vaginal, a penetração ocorre pela vagina que é o canal diretamente ligado aos órgãos reprodutores femininos, como útero, trompas de falópio e ovários – local onde o pênis deposita os espermatozoides na relação sexual. “A chance de gravidez é nula no sexo anal, pois o intestino não tem nenhuma comunicação com os órgãos reprodutores femininos, que é onde ocorre a fecundação do óvulo e espermatozoide”, diz a ginecologista Sueli.

imagens eróticas sexotoneO sexo anal possui alguma contraindicação?

Pessoas que possuem hemorroidas em estágio de inflamação ou estão com fissuras na região anal devem evitar esse tipo de relação. “Além disso, ambos os parceiros devem estar à vontade com a situação, diminuindo a chance de problemas”, afirma Sueli Raposo.

A relação anal pode fazer mal se for feita com frequência?

“Não, desde que a higiene e os outros cuidados, como a lubrificação, estejam sendo feitos de forma adequada”, explica o urologista José Carlos Riechelmann.

Quais sinais indicam que a região anorretal está com problemas?

Se a pessoa estiver sofrendo com dores e sangramentos persistentes por mais de dois dias é importante procurar um médico, pois pode haver uma fissura mais grave. Os sintomas podem acontecer após a evacuação ou então de forma mais constante – em todos os casos, é necessário procurar ajuda de um especialista.

Você sabe o que são distúrbios sexuais?

Não? – não tem problemas… Vamos conversar sobre eles agora…Conheça os principais distúrbios sexuais

Mesmo com maior acesso a tratamentos e informações, os distúrbios do sexo são hoje muito comuns para homens e mulheres de todas as idades. Muitos deles têm relação com aspectos psicológicos, de saúde e estilo de vida, o que aponta relações com alguns problemas da vida moderna.
Os números impressionam: de acordo com um estudo recente da Universidade de Nova Jersey, nos Estados Unidos, cerca de dois terços das mulheres relatam algum grau de disfunção sexual feminina, que abarca distúrbios como falta de desejo, problemas de excitação, falta de lubrificação, dificuldade para atingir o
orgasmo, falta de satisfação e dor durante o ato sexual.

Ejaculação precoce

Casal

Estima-se que um em cada quatro brasileiros sofram do problema, que se caracteriza quando o homem não consegue controlar a ejaculação. “Às vezes, o pênis nem chega a enrijecer, somente o movimento de aproximação e o toque do lençol já são suficientes para que termine o que deveria ser muito bom e prazeroso. Por vezes, o homem mantém a ereção por alguns minutos, começa a penetrar, mas logo ejacula, ficando insatisfeito e deixando a parceira na mesma situação, explica Archimedes Nardozza , presidente da Sociedade Brasileira de Urologia e médico do Hospital São Luis.
Comum na juventude, em encontros com parceiros novos ou após algum tempo de abstinência, ela se torna doença quando se estende pela maturidade comprometendo a vida sexual do homem na maioria, senão em todas relações sexuais que pratica. Com mais de 80% dos casos com origem emocional, o transtorno sexual tem cura e requer atenção redobrada já que pode desencadear males como a disfunção erétil e a depressão, além de prejudicar a vida sexual do casal.
Não há uma duração considerada ideal para medir o momento certo da ejaculação
, já que o que conta é a satisfação do casal durante o sexo. “Não existe um tempo específico antes de ejacular para definir esse problema sexual. Costuma-se seguir um padrão de cinco minutos após a penetração ou, antes que ela ocorra, para identificar o problema. Mas a definição está tanto na sua percepção quanto na do parceiro de que a ejaculação foi mais rápida do que o esperado”, explica o especialista em saúde masculina Érico Roldave. “Sentimento de culpa e ansiedade se tornam uma constante quando o problema é crônico e isso pode trazer dificuldades maiores como a disfunção erétil (impotência) e a perda de intimidade no casal”, continua Érico.

Impotência sexual

As causas que envolvem a disfunção erétil ainda são um tabu para a maioria dos homens. Um recente estudo apresentado em Bruxelas (Bélgica) durante o Congresso das Sociedades Europeia e Internacional de Medicina Sexual mostra que 50% dos homens desconhecem as causas da disfunção erétil. Entre os 174 entrevistados, 70% afirmaram que teriam procurado o médico mais rapidamente se soubessem que o problema pode estar ligado à doenças como diabetes, hipertensão e síndrome metabólica. A disfunção atinge mais de 150 milhões de homens em todo o mundo e, em 64% dos casos, está associada a doenças crônicas.
Segundo o urologista Helder Machado, chefe do Serviço de Urologia do Hospital Orêncio de Freitas, em Niterói (RJ), grande parte dos homens só procura o médico quando já não consegue mais manter ereções suficientes para a penetração. “A maioria sente vergonha da disfunção erétil e chega ao consultório estimulado pela parceira ou quando a relação conjugal está deteriorada”, diz o especialista.
Segundo o urologista, é importante que o homem se informe e esteja ciente sobre a ligação da disfunção erétil com doenças crônicas como diabetes, hipertensão e obesidade. “A dificuldade de ereção é vista como um marcador para a síndrome metabólica e outros males que podem estar relacionados à queda dos níveis de testosterona”, explica. “Portanto, é interessante que o paciente com problemas de ereção faça a checagem de testosterona também”, completa o médico. 

Orgasmo: um mistério?

Sexo

O orgasmo feminino ainda é uma grande dificuldade para boa parte das mulheres e um mistério para os homens. Dados da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo apontam que 18,2% das brasileiras recebem o diagnóstico de anorgasmia (ausência de orgasmo) e 5,2% de inibição sexual generalizada, que aponta para problemas de excitação durante as relações sexuais. Mas por que tantas dificuldades para chegar ao orgasmo?
De acordo com a terapeuta sexual Tânia das Graças Mauadie Santana, coordenadora do Centro de Referência e Especialização em Sexologia (Cresex), o que mais pesa nessa situação é o lado psicológico da mulher. “A grande maioria dos diagnósticos de distúrbios sexuais é de natureza psicológica, social ou cultural. Somente 13% das pacientes têm problemas de natureza orgânica, como alterações hormonais ou distúrbios originados por alguma doença”, explica. 

Falta de desejo sexual

Sexo

Muitos fatores podem estar por trás na baixa do desejo sexual, quando o problema não é alguma falha no “funcionamento” sexual ou no orgasmo, mas sim a falta de vontade, inclusive para pensar no assunto. De acordo com o psicólogo e sexólogo Paulo Bonança, desestabilizações hormonais, uma rotina conturbada que gera cansaço e estresse e a relação com o companheiro são os principais fatores ligados à disfunção no desejo sexual.
Para muitos homens, o Viagra solucionou um dos maiores problemas sexuais, a disfunção erétil. No entanto, o remédio não funciona sem o desejo nem atua sobre seus mecanismos. Homens insatisfeitos com o desempenho, que creditam seu problema à disfunção erétil, experimentam a pílula azul por contra própria e, decepcionados com os resultados, acabam batendo à porta dos consultórios.
Nas mulheres, a falta de desejo sexual pode chegar ao limite da patologia, mas é mais difícil de ser detectada. “A mulher vive sob influência de ciclos e é muito suscetível às diferentes fases pelas quais passa: menstruação, gravidez, menopausa. Por isso, o desejo delas por sexo varia de acordo com esses ciclos. É natural, mas a mulher precisa ficar atenta, caso isso se repita por muito tempo”, explica a psicóloga e sexóloga Maria Claudia Lordello, do projeto Afrodite, da Unifesp. No entanto, essa disfunção, chamada de desejo sexual hipoativo (DSH), é mais comum do que se imagina, atingindo 35% das mulheres brasileiras. Mas a DSH não acontece de uma hora para outra. Normalmente, as mulheres que sofrem com a síndrome perdem gradativamente a vontade sexual. As causas dessa diminuição podem ser tanto físicas como psicológicas e necessita de acompanhamento especializado. 

Compulsão sexual

Quando o desejo sexual foge ao controle e gera atitudes autodestrutivas e, assim como a dependência por drogas ou por jogos de azar, necessita de tratamento. Uma das características dos viciados em sexo é a de estar sempre pensando ou fantasiando algo relacionado a sexualidade. “São pensamentos constantes, que deixam a pessoa inquieta”, explica a psicóloga e terapeuta sexual do ISEXP, (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática) Arlete Gavranic. Mas como saber se seu comportamento é inofensivo ou caracteriza compulsão?

A terapeuta esclarece que o sexo patológico fica evidente quando esse desejo passa a atrapalhar a vida da pessoa, impedindo-a de fazer atividades normais, (trabalhar, estudar, ir a eventos sociais, praticar esportes, ter um lazer) que exigem concentração e dedicação. Além disso, dificilmente o dependente consegue se concentrar em algo que não esteja relacionado ao sexo. Sendo assim, não só as pessoas que fazem muito sexo podem ser viciadas, mas também as que fantasiam ou se masturbam excessivamente.
No caso da masturbação, em casos extremos de dependência, a pessoa pode chegar a machucar o pênis ou a vagina de tanto estimular a região. Outro indício é quando a pessoa interrompe com frequência o que está fazendo – trabalho ou estudo, por exemplo – para se masturbar.

Estudo lista as cinco maiores desculpas para evitar o sexo

Cansaço, trabalho e mau humor estão entre os pretextos campeões

Um levantamento realizado pelo centro de pesquisas da publicação norte-americana Consumer Reports, especializada em avaliar produtos e serviços, descobriu os principais motivos usados pelas pessoas para evitarem o sexo. Realizada com mais de 1.000 adultos entre 18 e 75 anos de idade, nos Estados Unidos, a pesquisa apontou as razões que fazem homens e mulheres desistirem de uma noite de amor.
As mulheres representavam 52% do grupo de voluntários. E a maioria das participantes, 57%, era casada ou vivia com um parceiro, sendo que 48% tinham filhos menores de 18 anos que viviam em casa. O resultado da pesquisa apontou que 81% do total de participantes disseram que evitaram o sexo ao menos uma vez durante o ano e relataram os principais motivos que os levaram a tomar a decisão.
1. Cansaço ou sono: 53%
2. Problemas de saúde: 49%
3. Mau-humor: 40%
4. Preocupação com as crianças ou animais de estimação: 30%
5. Muito trabalho: 29%
Porém, a grande maioria dos voluntários afirmou que essa interrupção não interferiu na frequência ou na qualidade do sexo.
imagens eróticas sexotone4A pesquisa também relatou outros dados sobre a vida sexual dos participantes:
– 45% dos participantes sexualmente ativos nunca planejaram uma hora para ter relações sexuais com seus parceiros;
– 56% dos homens disseram que pensam diariamente sobre sexo, comparados com 19% das mulheres;
– Os pais com filhos menores de 18 anos eram mais propensos a fazer sexo do que as pessoas que não vivem com crianças.

Sexo É Uma necessidade humana, pois antes de seres humanos somos animais…

Oito benefícios do sexo para a saúde

Vida sexual ativa alivia dores, melhora o sono e estimula a longevidade

É bom sempre lembrar que nada faz tão bem ao ser humano quanto o sexo, motivando o seu bem-estar. O orgasmo, por exemplo, é uma das sensações mais íntimas e deliciosas para homens e mulheres e é muito mais do que sinal do sucesso de uma relação sexual. A cada dia, os cientistas descobrem novos efeitos desta reação orgânica que, além de melhorar as emoções, faz muito pela sua saúde. “O orgasmo contribui para que homens e mulheres vivam com mais qualidade, trata-se de um momento de prazer que reverbera por vários dias”, afirma o ginecologista Neucenir Gallani, da clínica SYMCO.
Porém, apesar de proporcionar prazer e qualidade de vida, uma pesquisa feita pela Universidade de São Paulo (USP) revelou que 70 % dos brasileiros fazem menos sexo do que declaram em conversas e pesquisas públicas. Por isso, o Minha Vida estimula você a melhorar essa situação trazendo o que a ciência e os especialistas andam dizendo por aí sobre os benefícios que uma
vida sexual ativa trazem ao corpo. Confira:

Alivia as crises de enxaqueca

Alivia as crises de enxaqueca
Quando seu parceiro reclamar, dizendo que não quer sexo porque está com dor de cabeça
, reverta a desculpa a favor da saúde dele. Segundo o médico Neucenir Gallani, o orgasmo libera substâncias, como as endorfinas, que atuam no sistema nervoso. “Elas diminuem a sensibilidade à dor, relaxando a musculatura e melhorando o humor”, afirma.

Melhora o aspecto da pele
Fazer sexo, principalmente no período da manhã, é um poderoso aliado da beleza para manter a juventude. Essa foi a conclusão de um estudo, realizado por cientistas da Universidade Queens (Reino Unido). De acordo com os pesquisadores, atingir o orgasmo
aumenta os níveis de estrogênio, testosterona e de outros hormônios ligados ao brilho e a textura da pele e dos cabelos.
Além disso, quando há o orgasmo, ocorre uma vasodilatação superficial dos vasos, até aumentando a temperatura em algumas pessoas. Com isso, a pele ganha uma aparência mais viçosa, e o brilho natural dela fica em destaque.

Alivia as cólicas da TPM
O ginecologista Neucenir Gallani faz questão de reforçar que isso não é uma regra, mas acontece com algumas mulheres. Os movimentos realizados durante o sexo estimulam os órgãos internos, que ficam mais relaxados e, com isso, há diminuição das dores que incomodam seu bem-estar nos dias antes da menstruação. “Mas há mulheres que, na fase pré-menstrual, não têm disposição para o sexo e forçar a barra pode ser pior”, diz o ginecologista.

Melhora o sono
O relaxamento que o orgasmo traz contribui para que você durma melhor, e não apenas no dia em que houver sexo. A reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior.

images (2)Diminui o estresse
O médico faz questão de ressaltar que o orgasmo não deve ser encarado como um remédio calmante, mas como parte de uma relação afetiva que traz prazer. Quando isso acontece, os níveis de estresse tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque os chamados hormônios do estresse
, como o cortisol, apresentam atividade reduzida. Quem trouxe essa novidade foi um estudo escocês recém-publicado na revista Biological Psychology.

Diminui os riscos de infarto
Um estudo da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, realizado com mais de 3 mil homens de 45 a 59 anos, concluiu, após 20 anos, que o sexo frequente pode reduzir o risco de infartos fatais e de derrames. De acordo com as conclusões da pesquisa, a morte súbita causada por problemas de coração é mais comum entre homens que afirmam ter níveis baixos ou moderados de atividade sexual. 

Queima calorias
Segundo a Associação Americana de Educadores e Terapeutas Sexuais, a atividade sexual pode ser um ótimo exercício para o corpo. Isso porque meia hora de sexo queimam, em média, 85 calorias. Portanto, se você está sem paciência para ir à academia, que tal optar pelo plano B?

Aumenta a imunidade
Um estudo feito pela Wilkes University, nos Estados Unidos, mostrou que uma vida sexual ativa aumenta os níveis de um anticorpo conhecido como IgA , responsável pela proteção do organismo de infecções, gripes e resfriados. 

Saiba o que fazer quando o desejo sexual vai embora

Usar da criatividade é uma forma de tentar acender a faísca apagada

Toda grande descoberta, seja um relacionamento que dá certo ou uma solução para um problema do cotidiano, tudo nasce do desejo. Sentir desejo é algo intrínseco à condição de estar vivo. Mas, se o desejo está sempre lá, por que depois de um tempo nós passamos a ter dificuldade de encontrá-lo e usá-lo na conquista da nossa realização sexual? “O desejo vai embora quando estamos fracos, tristes, cansados, doentes ou magoados. Quando não gostamos mais da pessoa amada, quando estamos de luto, angustiados ou entediados”, afirma o terapeuta e médico vibracional Eduardo Navarro.
Segundo o especialista, o desejo sempre acompanha as pessoas, sejam homens ou mulheres. Sendo assim, se ele não está mais ali é porque algo aconteceu e recuperá-lo passa a ser um exercício mútuo de descobrimento, de si mesma e de seu parceiro. 

Saiba o que fazer quando o desejo sexual vai embora

Após os primeiros anos de uma relação, quando a novidade vai se transformando em rotina, é normal que o desejo sexual se restrinja a momentos pré-definidos. Segundo a psicoterapeuta e sexóloga Magda Gazzi, isto é um perigo: “Sexo é vida e viver é ser criativo! É importante que você procure variar, evitando o sexo metódico, sempre feito na mesma hora, da mesma maneira e no mesmo local”, sugere.
A especialista é contra o uso de medicamentos para forçar uma situação. “Não existe remédio para aumentar o desejo”. A sexóloga acrescenta que nos últimos anos a busca pelo clímax continua sendo o principal motivo pelo qual mulheres e casais procuram os consultórios de sexólogos. Essa queixa é seguida muito de perto por outra, que é a falta ou inibição do desejo sexual. “Uma pesquisa do ProSex (Projeto Sexualidade da USP) mostrou que 10% das mulheres têm desejo sexual inibido, ou, em outras palavras, não tem vontade de fazer
sexo“, aponta a terapeuta. 

pessoas-sorrindo-3Benefícios do sexo para a saúde

A sociedade em geral costuma enfatizar o desejo na juventude, como se à medida em que se envelhece ele fosse acabando ou não se renovando. “Somos seres sexuados. Nossa sexualidade começa quando nascemos e nos acompanha até a hora de nossa morte”, contraria a médica. Com isto ela ressalta a importância de procurar um especialista para saber embaixo do que o seu desejo se escondeu.
Eventualmente o desejo pode ter saído de cena em função de algum problema. Como, por exemplo, os desequilíbrios hormonais podem inibir a libido ou os “desajustes mentais” que acabam bloqueando a manifestação natural de tesão em uma relação. Sentimentos como culpa, medo e
ansiedade são inimigos naturais das relações sexuais. Eles agem de uma forma muito sutil, mas, suas consequências são de ordem prática. Não há clima que resista ao peso na consciência ou à ansiedade de ter que corresponder a uma determinada expectativa.

Saiba o que fazer quando o desejo sexual vai embora

Fora problemas hormonais, psicológicos e emocionais que requerem um acompanhamento profissional para serem resolvidos e saírem do caminho da sua libido, é sempre bom lembrar que o desejo é uma chama sempre presente em você. Por isso a especialista ressalta a importância de cuidar da sua rotina pessoal, da sua saúde física e emocional, de manter vivo seu lado sensual. Conheça dez dicas para reacender o desejo:
1 – Encontre tempo: Se você não está tendo tempo para você, escolha o que perder para poder ganhar o que realmente interessa;
2 – Organize seu dia: A desorganização é inimiga do tempo;
3 – Corpo saudável: Sempre escolha por sua qualidade de vida, mantendo uma alimentação saudável e uma atividade física regular, isto está ligado intimamente à qualidade de sua sexualidade e autoestima
;
4 – Trabalhe a mente: Pense em sexo tanto quanto puder, ou, pense em sexo tanto quanto você pensa em filhos, supermercado, padaria, roupas, higiene e etc;
5 – Solte suas fantasias: Se permita e invista na mulher sensual que existe dentro de você, fantasie e solte sua imaginação. Seja permissiva com suas fantasias e as viva sem culpas, elas são só fantasias, por isto aproveite para transgredir.

6 – Se permita pedir ajuda: Você não vai deixar de ser uma boa mãe só porque deixou seus filhos com a avó para poder ter uma noite de prazer;
7 – Converse com seu companheiro: Aproveite para pedir ajuda nas tarefas domésticas. Fica mais fácil se as responsabilidades da casa e dos filhos forem divididas;
8 – Invista no seu lazer: Passeie, saia, dance, cante e se solte. Se permita ficar longe do celular ou computador por algumas horas;
9 – Dia de volga: Tire ao menos um dia no mês só pra você, pra fazer tudo aquilo que você quer, mesmo que seja dormir tranquila, ler um livro, ou simplesmente ter tempo de olhar o pôr-do-sol;
10 – Pense como os homens: associe o sexo ao prazer e se deixe levar por esse momento fantástico! E lembre-se: mente tranquila e corpo vigoroso funcionam como verdadeiros
afrodisíacos. 

Confira a Melhor Prancha do mercado, Fast Liss, quando Unida ao Melhor tratamento capilar com efeito Liso, Perfect Liss Com Turmalina 3D. Seus cabelos jamais serão os mesmos. Tecnologia de ponta conferindo a você destaque máximo, liso sem igual, o Liso Perfeito natural. É a Liss, Lyss ou Lyzzy fazendo tudo para você!

image

Prancha Fast Titanium 3D

clip_image001

Foi criada para ser uma referência em qualidade e inovação com diversas características e com exclusivo ION SYSTEM que emitem íons negativos facilitando o deslizamento da prancha sobre os cabelos e melhorando o brilho dos fios.

 

 

 

clip_image003

CORES:PRETA E VERMELHO FERRARI


CARACTERÍSTICA
Placas de TITANIUM
Controle Digital de temperatura
Marcas em ambas temperaturas CELSIUS OU FARENHEIGHT
Temperatura máxima em menos de 60 segundos
Visor digital com duas luminosidades
Desligamento automático após 60 minutos (podendo ser programado pelo usuário) Cabo giratório extra longo e flexível
Prática leve e anatômica
Pintura especial.
06 MESES DE GARANTIA
ASSISTENCIA TÉCNICA
ESPECIFICAÇÕES


Bivolt Automática 110/220 Volts
Frequência 50 – 60 HZ
Temperatura máxima 232º Celsius ou 450º Farenheight
Corrente de 1,9 A
Potência de 80W – 150 W
Concentração de íons 3,20 x 10 (levado a 6) ml

clip_image005

Qual Será o Motivo Do Sucesso da Prancha Fast Liss?

Será porque a Prancha Liss alcança a maior Temperatura entre todas as outras?

Será pela Digitalização?

Será porque em menos de 1 minuto alcança sua temperatura Limite?

Será porque é desenvolvida pela Lyzzy aumentando o desenvolvimento e Performance do Tratamento Capilar Mais vendido no Brasil e no mundo: Perfect Lyss Com Turmalina 3D?

Será Porque seu Design Italiano É único?

Porque será?

nome perfect lyss

                                                                                   Liso è Isso Aí!

Líder Absoluta Em Todo O País

O lançamento da Lyzzy Innovator mostra toda a força da Empresa e em sem primeiro mês já assume a liderança isolada no mercado de Escovas, Progressivas, Inteligentes, Plástica Dos Fios, Reconstruções térmica enfim, que usam o calor como fonte de tratamento. Mas Qual O Segredo De Mega Sucesso?

Explicando o três em um da Perfect Lyss Com Turmalina 3D

A Perfect Lyss Com Turmalina 3D é composta por três produtos:

1- Shampoo Dilater 3D

2- Redutor De Volumes 3D

3- Finalizador 3D Max.

Quando tenho uma Progressiva com a Perfect Lyss Com Turmalina 3D?

O Tratamento De Escova Progressiva 3D acontece quando uso:

1- Shampoo Dilater 3D

2- Redutor de Volumes 3D

Quando tenho uma Escova Inteligente com a Perfect Lyss Com Turmalina 3D?

O Tratamento Capilar De Escova Inteligente 3D acontece quando uso os três produtos em um mesmo procedimento.

1- Shampoo Dilater 3D

2- Redutor De Volumes 3 D

3- Finalizador 3 D Max

Quando tenho a Cauterização Express Max 3D usando a Perfect Lyss Com Turmalina 3D

O Tratamento Capilar de Cauterização Express usando a Perfect Lyss Com Turmalina 3D acontece quando uso:

1- Shampoo Dilater 3D

3- Finalizador De Volumes 3D

Passo a passo da Perfect Lyss Com Turmalina 3D quando feita a Escova Progressiva 3D

Passo 1- Lavar bem os cabelos até que os mesmos fique totalmente limpos. Secando-os logo após.

Passo 2- Aplicar o Redutor De Volumes 3D, deixando-o repousar por 10 minutos, para em seguida Escovar e Pranchar.

Passo a Passo da Perfect Lyss Com Turmalina 3D quando usada como Escova Inteligente 3D

Passo 1- Lavar bem os cabelos até que os mesmos fique totalmente limpos. Secando-os logo após.

Passo 2- Aplicar o Redutor De Volumes 3D, deixando-o repousar por 10 minutos, para em seguida Escovar e Pranchar. Após a prancha deixar o cabelo esfriar por 5 minutos, para então levar a cliente ao lavatório.

Passo 3- Lavar os fios com água, aplicando em seguida o Finalizador Max 3D, deixando o mesmo repousar por 10 minutos.

Passo 4- agora é hora de somente secar os fios e comemorar o resultado. Se você quiser pode secá-lo e proceder com rápida prancha.

Passo a Passo da Perfect Lyss Com Turmalina 3D Quando usada como Cauterização 3D Max:

Passo 1- Lavar bem os cabelos até que os mesmos fique totalmente limpos, deixando-os cabelos úmidos.

Passo 2- Aplicar O Finalizador 3D Max deixando-os descansar por 15 minutos, para em seguida Escovar e Pranchar Os Fios com capricho.

image

Promoção Super – Combo Liss – Lyss

Perfect Lyss Com Turmalina 3D + Prancha Ultra Lyss:

De R$ 1.090,00 Por R$ 890,00

Em 10 Sem juros

Líder Mundial em Liso Perfeito + Mais Avançada Prancha Liss – Lyss

Cabelos Únicos, com brilho irradiante, além do Liso de seus sonhos?

Esperando o que?

Em menos de um minuto 232° Celsius 450° Farehaiht!

Kit Mais cobiçado do Brasil com R$ 300,00 de Desconto

Parcelado em 10 Sem Juros

Tel:

(85) 4102-5608

(85) 8747-4936

(85) 9915-5599

(85) 8874-8787

(85) 8843-4936

E-mail: distribuidorayouandi@hotmail.com

brasillyzzy@msn.com

logo-lyzzy-novalogo youandi

Em uma sociedade preconceituosa, decadente e hipócrita propicia com que sejamos os campeões em DST’S no brasil, índices cada vez maiores de mulheres insatisfeitas sexualmente, enfim, uma sociedade imatura que vende uma imagem, mas que no fundo é a mais atrasada de todas. Apoio Perfect Lyss com turmalina 3D- Liso é Isso Aí!

Sobre revistadainternet

Sou Rômulo Soares Albuquerque, nascido em 02 de Março de 1976, formado em Direito desde 1999, com inscrição da OAB-CE sob o número: 13.414 residente e domiciliado em Fortaleza-Ce. E-mail pessoal: romuloalbuquerque.adv@msn.com

Publicado em 29 de maio de 2013, em Passo a Passo, Da, Perfect Lyss, perfect lyss com turmalina, perfect lyss com turmalina 3d, Turmalina 3d, Perfect Turmalina, Lyss 3D, lyzzy 3d, Brasil Lyzzy 3d, brasil 3d, Com Turmalina 3D,Escova Prog e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s